15 de janeiro de 2015

Alisantes clandestinos


Dentre os princípios do Marketing existe um muito famoso, que se chama Mais por menos. De acordo com essa estratégia, o produto será posicionado no mercado oferecendo Mais vantagens por menos preço. Ou seja: o atrativo é poder contar com um produto ou serviço de qualidade, oferecido por um preço muito mais atraente do que o da concorrência.
Porém, essa estratégia precisa ser usada com muita cautela, porque é difícil manter alta qualidade quando os preços são muito baixos. A não ser que a empresa conte com um fornecedor muito diferenciado, o que acontece é que empresas que adotam a estratégia Mais por menos arcam com os prejuízos nos primeiros meses, para assim conquistar um espaço dentro daquele mercado. Depois que os consumidores já conhecem a marca e a qualidade dos produtos, estando dispostos a pagar um pouco mais – já que conhecem seus diferenciais – então a estratégia muda, transformando-se em Mais por mais (mais qualidade por mais preço).
Esse simples exemplo mercadológico serve para ilustrar um comportamento inerente ao ser humano: queremos sempre mais (mais dinheiro, mais bens, mais amor), de uma forma (no entanto) que nos comprometa ou nos envolva pouco.

No entanto, na vida a estratégia Mais vantagens por menos esforço pode sair muito cara, principalmente quando você tenta economizar abrindo mão da sua segurança e da sua saúde. Isso tem acontecido frequentemente com os chamados alisantes clandestinos. Você já ouviu falar nos alisantes clandestinos? Sabe para que eles servem? Ou como surgiram os alisantes clandestinos? Caso não, fique atento ao material que selecionamos para você, que explica com detalhes como funcionam os alisantes clandestinos.
Comecemos pelo nome: alisante porque... eles alisam o cabelo, isso é óbvio. E o “clandestinos”, logicamente, quer dizer que eles são um tratamento que não está legalizado. Portanto, alisantes clandestinos fazem um trabalho de alisamento do cabelo usando produtos que não estão legalizados para o uso.

Os alisantes clandestinos normalmente são fabricados de maneira caseira, por uma pessoa que leu algo no internet ou aprendeu a técnica com um vizinho ou conhecido. O problema dos alisantes clandestinos é que eles são criados a partir do uso de produtos que são muitas vezes perigosos para o ser humano, como o formol. Para ficar com o cabelo liso sem gastar muito, algumas pessoas se sujeitam ao tratamento com alisantes clandestinos. Outras, no entanto, não sabiam que o salão de beleza era adepto dessa prática proibida pelo Ministério da Saúde.
Portanto, a dica para você, mulher ou homem que quer alisar o cabelo é ir a salões de beleza que usam apenas produtos legalizados e – ao menor indício do cheiro de formol (um cheiro inconfundível e muito forte), saia correndo. Seus cabelos e sua saúde agradecem.

Rafaela Salvato Dermatologia, Clínica de dermatologia em Florianópolis - Alisantes Clandestinos.

Cílios


Muitas áreas do nosso corpo possuem uma finalidade específica, mas nós muitas vezes a usamos para outros fins. Por exemplo: a cabeça. A função dela é guardar importantes órgãos que permitem mapear o nosso mundo (como boca – que é responsável pelo paladar, nariz – que é responsável pelo olfato -, ouvidos – que são responsáveis pela audição e olhos – que são responsáveis pela visão).
No entanto, quem já assistiu pelo menos um jogo de futebol na vida sabe que a cabeça é um importante membro, muito usado pelos jogadores de futebol, mas de uma forma totalmente diferente da tradicional. Em jogadas áreas (quando a bola é levantada por um outro jogador, viajando no ar), os jogadores pulam e tentam dar com a cabeça uma pancada na bola, conduzindo-a para o gol adversário.
Um movimento que precisa ser treinado e que – quando bem executado – garante um gol para o time. E isso se repete com muitos outros órgãos do nosso corpo. As possibilidades que são oferecidas por essa máquina perfeita que é o organismo humano são incontáveis. Basta uma simples busca no Youtube por shows de talentos e veremos desde malabarismos super complexos até danças que deixam tontos até que assiste. No entanto, a criatividade humana não está presente apenas nessas áreas, chegando também à área da beleza.
Estamos nos referindo aos cílios. Você certamente sabe o que são os cílios, mas nunca tinha parado provavelmente para pensar sobre eles, principalmente se você for do sexo masculino. Os cílios nada mais são do que pêlos, que possuem a importante função de proteger os olhos da poeira e dos insetos.

No entanto, as mulheres, muito inteligentemente, transformaram os cílios em um artefato de beleza. Explicamos melhor: as mulheres descobriram que podem alongar, pintar e usar os cílios para chamar atenção para o olhar. No entanto, é necessária muita cautela, porque – assim como o cabelo – os cílios podem apresentar algumas complicações, desde um tipo de caspa até a queda.
Siga então, a seguir, essas dicas que separamos para você cuidar dos seus cílios. A primeira dica é não abusar do curvex, porque ele pode quebrar os fios dos cílios, fazendo assim com que eles caiam. Se você quiser usar esse acessório, dê preferência aos modelos que possuem borracha na ponta, porque eles machucam menos os cílios.
A segunda dica é muito importante: nunca, jamais, dormir com maquiagem nos cílios. Por mais que o cansaço da balada e da festa que aconteceu a noite toda seja grande, faça um esforço e lembre-se de que retirar a maquiagem dos cílios vai garantir sua beleza na próxima festa. O acúmulo de maquiagem nos cílios pode levar a uma infecção até mesmo nos olhos.
Por último, a dica final para cuidar dos seus cílios é passar rímel corretamente, ou seja, seguindo o sentido que vai das raízes dos cílios até a extremidade, e nunca o contrário.
São dicas simples, mas que vão com certeza manter a saúde dos seus cílios em dia.

Clinica de dermatologia Rafaela Salvato, dermatologista em Florianópolis - Cílios

Exercícios físicos e a pele


Na Idade Média, muitos druidas e alquimistas dedicaram-se a encontrar a fórmula para a vida eterna. Investiram em longos processos, muitos deles complicados e complexos, buscando saber como funcionava o princípio vital, para que pudessem usar esses aprendizados na construção de algum objeto mágico, que daria a pessoa a capacidade de viver para sempre.
Bem, como nos dias de hoje não foi documentado nenhum caso de uma pessoa que tenha vivido mais de 115 anos (tempo de longevidade considerado “dentro dos padrões” para a nossa espécie), podemos concluir que os druidas e alquimistas falharam.
Analisando hoje o que eles buscavam, podemos sugerir que o problema da pesquisa estava no objetivo: as pessoas, naquela época, não precisavam viver mais. Elas precisavam viver melhor. A qualidade de vida na Idade Média era muito precária, principalmente em termos de higiene. Era por isso que as taxas de mortalidade eram tão altas e era por isso também que a expectativa de vida era baixíssima.
Felizmente, parece que cientistas dos dias de hoje já sabem que precisam investir em qualidade de vida, porque a longevidade (quando se tem qualidade de vida) é apenas uma consequência natural. Ou seja: para viver muito, o segredo é viver bem. Mas como se faz para viver bem? A resposta é muito simples e já foi divulgada pelos quatro cantos do mundo, mas mesmo assim vale reforçar: praticando exercícios físicos.

Os exercícios físicos trazem vários benefícios, principalmente para a pele. Os Exercícios físicos e a pele estão intimamente ligados e explicaremos a seguir essa relação, para que você aprenda que o cuidado com a pele não se resume a cremes e pomadas dermatológicas.
Ao longo dos anos, as camadas da pele começam a ficar mais compactadas. Isso acontece pela perda de colágeno e pelos próprios fatores de envelhecimento. Para ajudar sua pele, você deve praticar exercícios físicos. Os benefícios são muitos, então separamos aqui apenas alguns exemplos do que Exercícios físicos podem fazer pela pele.
O primeiro benefício é o controle da gordura corporal e do peso. Se você mantiver sempre um peso constante, de acordo com seu Índice de Massa Corporal (IMC) você dificilmente vai ficar com aquela pele flácida, típica de pessoas que emagreceram ou engordaram de maneira muito rápida.
O segundo benefício é que o exercício físico ajuda a manter a pele firme, porque os músculos darão sustentação para ela. Sendo assim, os Exercícios físicos ajudam a tonificar a pele na ausência de colágeno em larga escala.
Por fim, os Exercícios físicos fazem bem para a pele porque eles relaxam o organismo, ajudando a prevenir doenças que surgem em situações de extremo estresse, como as dermatoses e outras doenças que se aproveitam dos momentos de baixa imunidade.

Dra Rafaela Salvato, dermatologista em Florianópolis - Exercícios físicos e a pele.

Menopausa


Uma peça de teatro que rodou o país recentemente apresentava um título muito curioso, que falava algo do tipo: “quem entende as mulheres?”. O tema, com certeza, atrai a atenção de muitos curiosos, tanto que no cartaz de divulgação estava escrito que a peça, até o momento, já havia sido exibida para alguns milhares de espectadores.
E, por mais que se discuta, esse tema continua sendo um mistério. Homens não conseguem entender algumas atitudes das mulheres e às vezes nem mesmo as mulheres conseguem entender suas atitudes. A explicação que a ciência dá é que os níveis hormonais da mulher são muito mais inconstantes do que o homem.
A única grande mudança hormonal do homem acontece quando está na puberdade, momento em que os hormônios ficam à flor da pele. No entanto, ao longo da vida adulta a tendência é que – em uma pessoa regrada e normal – a produção de hormônios mantenha-se constante. No entanto, as mulheres estão mais suscetíveis às variações hormonais. Assim como os homens, elas experimentam a primeira alteração nos hormônios já na adolescência.

A dificuldade é que – ao longo dos anos, e de forma cíclica – as mulheres passam por várias alterações hormonais. Como os homens bem sabem, o período da Tensão Pré-Menstrual (conhecido como a famosa e temida TPM) é aquele em que a mulher fica ao mesmo tempo braba e carente, nervosa e impaciente, chorona e agressiva, enfim: incompreensível e imprevisível.
Talvez a melhor alternativa seja fazer como os homens das cavernas, que – ao pressentir uma situação instável dentro do clã, ausentavam-se por um bom período, fazendo caçadas. No entanto, como hoje os relacionamentos estão muito próximos, não há o que se fazer a não ser ter paciência.
Uma das fases mais instáveis da vida de uma mulher depois da adolescência é a fase da menopausa. Além das alterações hormonais constantes e em escala muito grande, uma série de sintomas muito esquisitos invade o corpo da mulher, como os calorões, que surgem e vão embora repentinamente.
Além disso, para as mulheres que estão passando por isso (normalmente com idade entre 45 e 50 anos), muitas outras alterações acontecem. A principal delas é a diminuição da produção de hormônios sexuais pelos ovários, o que acarreta em uma irregularidade nos ciclos menstruais. Mas atenção: durante a Menopausa a mulher não deve se descuidar dos métodos contraceptivos, porque pode engravidar.

Por último, a dica é deixar que a natureza faça seu trabalho. Durante a Menopausa outros incômodos surgirão, mas da mesma forma que eles vieram eles irão embora. Estamos falando de pele seca, alterações de humor, fraqueza nos ossos (fator que deve ser acompanhado de perto para evitar osteoporose) e distribuição anormal de gordura pelo corpo.
Mantenha sua rotina e a cabeça tranquila que tudo dará certo antes, durante e depois da Menopausa.

Rafaela Salvato Dermatologia, dermatologista em Florianopolis - Menopausa

Toxina botulínica nos cosméticos


Se você estivesse em um jogo de perguntas e respostas e o apresentador perguntasse a você: de acordo com as pesquisas norte-americanas recentemente reveladas por um grupo farmacêutico internacional, qual é o órgão do corpo humano que as pessoas mais cuidam, no século XXI?
O que você responderia? Será que as pessoas estão preocupadas com o coração, importante órgão que bombeia sangue para todo o nosso organismo, sem parar, desde que ele existe? Ou será que as pessoas se preocupam com o cérebro, com medo de doenças que pode atingi-las quando ficarem mais velhas, a exemplo do que acontece com males como o de Parkinson e Alzheimer? Ou – ainda – será que a maior preocupação das pessoas seria com os órgãos do nosso abdômen, como fígado ou intestino?
Tempo esgotado. Qual foi a sua resposta? Se foi qualquer uma das opções acima, infelizmente você está eliminado. Atualmente, de acordo com a pesquisa recentemente revelada por uma grande empresa farmacêutica, o órgão com que as pessoas mais se preocupam atualmente é... a pele. Sim, a pele!

Talvez seu espanto seja duplo, primeiro porque você nem desconfiava que a pele era um órgão do nosso corpo. Sim, ela é considerada um órgão, tanto que é o maior órgão do nosso corpo, já que reveste todo ele. E a segunda causa do seu espanto deve ser: por que as pessoas se preocupam tanto com a pele? A resposta – de acordo com a pesquisa, ainda – é: estética. As pessoas cuidam muito da pele porque ela fica muito exposta e chama muito atenção.
Então, como o nosso século é o da vaidade e do ego, a pele recebe toda a atenção que merece. Por isso é que a Toxina botulínica nos cosméticos tem feito tanto sucesso. Estima-se que essa é uma das áreas da estética que mais movimenta dinheiro, superando em alguns países até algumas operações caras, como colocação de próteses de silicone nos seios e lipoaspiração.

A Toxina botulínica nos cosméticos é uma prática que é muito procurada por mulheres, em sua maioria. O objetivo é buscar rejuvenescer a pele do rosto por meio da aplicação da Toxina botulínica usada para fins cosméticos. A Toxina botulínica nos cosméticos funciona da seguinte maneira, caso você tenha chegado agora e esse seja o primeiro artigo sobre Botox que você lê: uma bactéria, isolada e em pequena quantidade, é injetada em regiões do rosto da pessoa.
Essa bactéria paralisa os músculos do rosto. Como em nosso rosto possuímos mais de 40 músculos, quando paramos de movimentá-los param também de aparecer as rugas. Esse é o princípio usado pela Toxina botulínica nos cosméticos para eliminar (convém lembrar que temporariamente) as rugas e marcas de expressão.
Por último, lembre-se: Cuide sempre da sua pele, usando o protetor solar e os cremes recomendados pelo seu dermatologista.

Clínica de dermatologia em Florianópolis Centro - Toxina botulínica nos cosméticos

18 de dezembro de 2014

Toxina botulínica nos olhos



O homem sempre precisou e – até que a medicina evolua muito – sempre precisará lidar com doenças. Doenças que podem ser muito simples, como um resfriado, até doenças mais mortais e contagiosas, a exemplo do recente surto de Ebola que colocou em estado de alerta diversos países.

No entanto, conforme explica o princípio do Yin Yang, o “equilíbrio dinâmico dos opostos”, em todo negativo reside um pouco de positivo e em todo positivo reside um pouco de negativo.

Estamos falando daquele símbolo que é um círculo e que parece com dois girinos de ponta cabeça, um branco e um preto. Queremos dizer, usando essa filosofia oriental como base, que podemos extrair sempre algo de bom, não importa quão ruim uma situação seja. A humanidade já provou isso diversas vezes: muitas invenções úteis para o bem foram criadas durante o período da guerra, a exemplo da própria internet, que é meio pelo qual você, caro leitor ou cara leitora, está lendo esse artigo.

 E – como não poderia ser diferente – os progressos acontecem também no campo das doenças. A motivação do homem pela descoberta de uma cura faz com que busque infindáveis hipóteses, realizando um incontável número de testes e experiências até que – finalmente – chegue à fórmula da cura. E em outros casos isso acontece espontaneamente, por acaso, como veremos adiante.

A toxina botulínica (botox) foi descoberta acidentalmente e – depois que seus efeitos foram estudados, cientistas conseguiram isolar a bactéria que causa a paralisação dos músculos. Essa história começa com uma doença chamada botulismo, que é causada quando a comida (normalmente enlatada) apresenta algum problema na embalagem, que faz com que o ferro entre em contato com o alimento, possibilitando assim uma situação propícia para o desenvolvimento de uma bactéria, que causa paralisação dos músculos.

A bactéria do procedimento da toxina botulínica pertence ao mesmo grupo da bactéria do botulismo (note como os nomes são similares). A diferença é a dosagem delas, por isso é que o Botox age apenas no local onde a injeção é aplicada. Se você está pensando em fazer a aplicação de Toxina botulínica nos olhos, é bom seguir algumas dicas e pensar muito bem a respeito do assunto, já que atitudes precipitadas levam a resultados inesperados, conforme diz a sabedoria popular.

Na aplicação de Toxina botulínica nos olhos a região onde as injeções são aplicadas é perto das sobrancelhas. Normalmente são cinco ou mais pontos de aplicação nesse local, que – segundo os médicos – pode fazer com que o olhar levante, efeito que pode durar até seis meses.

Após esse período, é necessária uma nova aplicação de Toxina botulínica nos olhos. A “elevação no olhar”, ajuda a deixar a pessoa com aparência mais jovem.

Analise então, vários fatores, como preço, custo-benefício do tratamento. E converse com seu médico dermatologista para saber ainda mais sobre a aplicação de Toxina botulínica nos olhos.

Dra Rafaela Salvato, dermatologista em Florianópolis SC - Toxina botulínica nos olhos

Toxina botulínica na boca


Em um manual de boas maneiras da Idade Média os autores advertiam: “sempre seja muito cauteloso e tome muito cuidado ao sorrir”. Olhando com a visão de hoje, achamos esse conselho muito estranho. Mas nele está contido certa lógica, porque assim como um sorriso abre portas, um sorriso também pode destruir relações.

Explicamos melhor: quando você está entre amigos, é normal que esboce um sorriso, indicando a sua felicidade. Mas o problema é que nem sempre o sorriso indica felicidade. O sorriso pode indicar também deboche, sarcasmo ou ironia. Basta lembrar, por exemplo, da famosa risada espaçada quando alguém diz algo sem graça (ha – ha – ha).

Por isso, é muito importante prestar atenção ao local onde você está e às pessoas que estão ao seu redor. Por exemplo: se alguém contar a você uma piada muito engraçada, é natural que você solte uma gargalhada. No entanto, se isso acontecer em um local que não seja um bar ou qualquer outro ambiente descontraído, você poderá ser visto com maus olhos.

Já imaginou, por exemplo, como seria constrangedor se alguém soltasse uma sonora gargalhada no meio de um enterro? Ou bem na metade de uma importante negociação no trabalho? Então, a seguir, confira uma técnica que está sendo usada para supostamente deixar o sorriso de uma pessoa mais estético.

 A toxina botulínica (e esse é o nome correto do Botox, já que Botox é o nome comercial do produto que carrega toxina botulínica em sua substância) aplicada em regiões da boca pode amenizar alguns problemas. A indicação para aplicação da Toxina botulínica na boca refere-se principalmente à amenização de rugas verticais que aparecem no lábio, com o passar dos anos.

No entanto, um médico dermatologista sensato recomenda que você pense bem antes de usar essa técnica, porque o resultado pode não parecer muito natural. Se você possui muitas rugas e manchas no rosto e na mão, não adiantará muito fazer um procedimento nos lábios apenas, para disfarçar a idade.

A solução é, portanto, ou assumir a idade ou aos poucos e com bastante consciência tratar dos problemas estéticos que afligem você. A Toxina botulínica na boca é aplicada em sessões que duram quase meia hora, sendo que o tratamento não é definitivo e sim temporário. Depois da aplicação da Toxina botulínica na boca os efeitos podem durar de quatro a oito meses, sendo que esse tempo varia de pessoa para pessoa.

Por último, se você está fortemente decidido ou decidida a fazer a aplicação de Toxina botulínica na boca, procure um médico dermatologista credenciado, que possui uma clínica com toda a infraestrutura necessária para esse tratamento. Busque sempre parâmetros plausíveis, procurando se informar com muita sensatez sobre a Toxina botulínica na boca.

Dra Rafaela Salvato, dermatologia estética em Florianópolis SC - Toxina botulínica na boca
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...