Google+

14 de agosto de 2014

Acne na vida adulta

acne na vida adulta florianópolis
A acne, além de ser relativamente comum na adolescência, pode também aparecer na vida adulta. Quando as lesões aparecerem, é importante que o dermatologista seja consultado, pois a acne na vida adulta pode estar relacionada a diversas disfunções do organismo e o tratamento adequado é necessário para a saúde e o bem estar do paciente.
A acne na vida adulta tem causas distintas das causadas na adolescência, pode estar relacionada a alterações hormonais, como as disfunções do ovário, alterações das glândulas supra-renais ou mesmo a hipersensibilidade da pele aos hormônios masculinos.Pesquisas demonstram que a acne na vida adulta é mais comum em mulheres de 20 a 40 anos e que o stress e a dieta pobre em nutrientes podem agravar o problema, causando danos à auto-estima e à qualidade de vida da mulher. Ingestão de hormônios principalmente para a hipertrofia muscular, assim como o uso de alguns suplementos vitamínicos também podem piorar a acne, principalmente em homens em torno de 25 a 35 anos.
A acne na vida adulta, quando decorrente da maior sensibilidade ao hormônio masculino, pode estar ligada a outras alterações clínicas, como o aumento dos pêlos no rosto e no corpo, a seborréia e a queda capilar. É comum que apareçam alterações no ciclo menstrual causando irregularidade. Nesses casos, pode estar presente a Síndrome do Ovário Policístico (SOP).
acne dermatologista florianópolis
O tratamento da acne da vida adulta também é um pouco diferente da causada na adolescência, pois é importante abordar a causa do problema. No caso de SOP ou outras alterações dos hormônios femininos, pode ser indicado o uso de contraceptivos orais. Nesse caso, o acompanhamento conjunto com o ginecologista será indicado.
Além do uso de contraceptivo, o tratamento da acne na vida adulta também pode necessitar de outras medicações de uso oral, tópico, peelings ou tratamentos com luz pulsada, lasers e LED. Em casos mais graves e resistentes, a isotretinoína oral também pode ser prescrita.
O uso de antibióticos tópicos ou orais também pode ser indicado. No entanto, o antibiótico para cada fase da vida do paciente é diferente e o uso dos mesmos pode vir associado a efeitos colaterais. Diante disso, nunca faça uso de antibióticos por conta própria, o uso do medicamento deve ter um acompanhamento médico.
Alguns cuidados no dia a dia são importantes, como manter a pele sempre limpa, esfoliada e hidratada. É comum pensar que uma pele com acne dispensa a hidratação, mas a esfoliação em excesso e a falta de hidratação causam o efeito rebote, aumentando a quantidade de acne e a oleosidade da pele. Maquiagens muito oleosas também podem piorar o quadro, principalmente quando não são removidas corretamente da pele.
O mais importante é que o tratamento tenha um acompanhamento de um médico dermatologista e que os cuidados sejam feitos rotineiramente. A acne na vida adulta deve ser tratada de forma adequada, assim como a disfunção que agrava o seu quadro.

Se quiser ler ainda mais sobre acne, clique aqui.

Dra. Rafaela Salvato - Dermatologista Florianópolis
Acne na Vida Adulta



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...