Google+

4 de novembro de 2014

Hemangiomas


Quando alguma anormalidade surge em nosso corpo, surgem também duas preocupações. A primeira é: será que é perigoso? Essa etapa inicial gera muita ansiedade nas pessoas, o que faz com que fiquem nervosas e deixem as pessoas que estão ao seu redor nervosas também.

O problema é que até marcar uma consulta, visitar o médico, fazer os exames, retornar ao médico e receber o diagnóstico, perde-se um precioso tempo, que deixa ainda mais nervosa e pessoa. Quando tudo acaba bem e descobre-se que o problema não irá afetar a saúde da pessoa de nenhuma maneira, surge a segunda preocupação: será que esse problema irá afetar a estética?

Um recente caso que saiu na mídia mostrava que um ator ficou meses sem sair de casa porque durante um passeio em uma ilha paradisíaca participou de uma atividade de mergulho e – por uma infelicidade – encontrou uma água-viva enquanto nadava. Os tentáculos da água-viva encostaram em seu braço, causando uma queimadura. O incidente, felizmente, não colocou em risco a vida do ator, mas com medo de que ficasse uma cicatriz permanente no lugar ele preferiu ficar um tempo afastado, tanto do sol como dos paparazzi.

Um dos tipos de anormalidade que surge na pele de algumas pessoas é o hemangioma. Conforme já falamos acima, o hemangioma é um daqueles problemas que não afeta a saúde da pessoa, mas que pode trazer problemas à estética. Mas você sabe o que são hemangiomas? Ou como eles acontecem? Fique atento então aos próximos parágrafos.

Hemangiomas são tumores. E é aqui que muitas pessoas ficam de cabelo em pé, lembrando-se e associando tumores imediatamente ao câncer. Mas calma: hemangiomas são tumores, mas do tipo benigno. O que acontece é que muitos vasos sanguíneos, por uma razão que ainda está sendo estudada, se concentram em uma parte específica da pele ou até de alguns órgãos.

Quando acontecem na pele, é mais fácil – obviamente – de identificar os hemangiomas. No entanto, quando o hemangioma acontece nos órgãos, eles apenas podem ser identificados através de exames e – muitas vezes – são descobertos até sem querer.

Para saber se trata-se de hemangioma ou de algum outro problema, os médicos ficam atentos aos sintomas. Hemangiomas normalmente aparecem como uma mancha grande e de tom vermelho ou roxo.

Existem hemangiomas dos mais diversos tipos, como o hemangioma tuberoso, o hemangioma cavernoso, o hemangioma plano, o hemangioma capilar e o hemangioma tumoral. Até mesmo esse último não é maligno. Vale ressaltar novamente que é muito raro que um hemangioma se transforme em um tumor maligno.

Por último, quanto ao tratamento, quem deve orientar você é o médico dermatologista devidamente certificado.

Rafaela Salvato Dermatologia, Clínica de dermatologia em Florianópolis SC. Hemangiomas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...