Google+

1 de dezembro de 2014

Dermatoscopia Digital Florianópolis


 O cinema muitas vezes funciona como um profeta. Explicamos melhor: a sétima arte já – muitas vezes – predisse o que encontraríamos no futuro, antes mesmo de que qualquer pista houvesse sido levantada. Foi assim, por exemplo, com a chegada do homem a Lua, já registrada no filme do início do século XX, de George Méliès. Também foi assim com a criação de dispositivos móveis conectados a uma fonte de energia, que era capaz de fornecer dados sobre localização, espaço e tempo, possibilitando também conversas em tempo real. Ou – em outras palavras – smartphones.

Claro, muitas vezes o cinema erra, tanto que ainda hoje, em pleno século XXI, não dirigimos automóveis voadores que precisam desviar das nuvens a todo tempo. Mas as predições servem para mostrar que aquilo que a mente pode imaginar, pode criar. Quem sabe o que mais o futuro nos reservará?

A boa notícia é que todo progresso tecnológico, seja para qual fim for, sempre traz progressos às outras áreas. Usando novamente o exemplo da viagem do homem a Lua: a tecnologia desenvolvida para essa arriscada missão gerou subsídios para outras áreas, como a área médica. Ou seja: se hoje existem máquinas de ressonância magnética, é graças aos esforços dos cientistas americanos, que na década de 60 estudaram e criaram diversos sistemas muito usados até hoje.
Um sistema muito avançado é o da Dermatoscopia Digital. Você já ouviu falar nela? A Dermatoscopia Digital é método muito usado atualmente e que tem salvado diversas vidas. Confira então, a seguir, como funciona e para que serve a Dermatoscopia Digital.
Dermatoscopia Digital é um procedimento usado para avaliar os diferentes tipos de lesão na pele, mostrando se elas são benignas (que não oferecem risco à saúde), suspeitas (que precisam de maior análise para designação do tipo) ou malignas (que oferecem risco à saúde).

Se o melanoma (nome dado a um tipo de câncer de pele) for identificado por meio da Dermatoscopia Digital, existem diversos tipos de tratamento, que podem envolver ou não cirurgia. Sempre é válido lembrar que cada caso é um caso e cada pessoa é diferente da outra. Por isso, não se deixe preocupar por informações que você encontrar na internet. Elas são meramente informativas e apenas um médico profissional qualificado poderá dizer o que você tem e qual o melhor tratamento.

A vantagem da Dermatoscopia Digital é que com ela é possível analisar as estruturas por dentro da pele, sem no entanto agredi-la (com cortes ou qualquer outro tipo de procedimento doloroso). A seguir, as manchas de pele são guardadas em arquivos digitais de fotografia, para o caso de uma nova avaliação e comparação, no futuro.
Por fim, o argumento mais forte para uso da Dermatoscopia Digital é que ela ajuda a diagnosticar o câncer de pele logo no início, possibilitando assim uma chance muito maior de sucesso no tratamento.

Rafaela Salvato Dermatologia - Dermatologista em Florianópolis - Dermatoscopia digital
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...